Governo do Amazonas recebe suporte de aeronaves para intensificar combate às queimadas

Amazonas Manaus

Manaus –  O Governo do Amazonas recebeu, entre a quarta e está quinta-feira (04 e 05/10), duas aeronaves vindas do estado do Mato Grosso do Sul e do Distrito Federal, respectivamente, que vão intensificar as ações realizadas pelo Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) no combate aos focos de queimadas na Região Metropolitana de Manaus. Ao todo, a corporação agora contará com suporte técnico de quatro aeronaves.

O Corpo de Bombeiros já estava recebendo suporte, desde o dia 29 de setembro, de duas aeronaves sendo uma cedida pela Marinha, equipada com bambi-bucket com capacidade de despejo de 300 litros de água, e uma do Departamento Integrado de Operações Aéreas (Dioa) para transporte dos combatentes às áreas de difícil acesso.

Vindo do Mato Grosso do Sul, o helicóptero com o equipamento de bambi-bucket, que chegou a Manaus nesta quarta-feira, tem capacidade de despejo de 550 litros de água. A aeronave foi enviada para atuar na região metropolitana nesta quinta-feira.

Ainda na tarde desta quinta-feira, a aeronave vinda do Distrito Federal chegou ao Amazonas. O avião modelo Airtractor com capacidade para transportar mais de três mil litros de água por viagem, será reabastecido com o apoio de um caminhão-tanque do CBMAM. Todo o trabalho conta com o apoio logístico do Departamento Integrado de Operações Aéreas (Dioa) da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

“Agradeço ao governador Wilson Lima que nos deu liberdade para fazer esses contatos e ao comando do Corpo de Bombeiros do DF (Distrito Federal), que cedeu, de forma bem gentil para nós uma tripulação e essa aeronave para nos ajudar nos incêndios florestais aqui no Amazonas. A previsão é que ela nos dê apoio aqui no Cacau Pirêra. Resolvido a situação, ela será deslocada para o arco do foco, no Sul do Amazonas”, destacou o subcomandante-geral do CBMAM, coronel Borges.

Força-tarefa em Iranduba

Desde o dia 25 de setembro, o Corpo de Bombeiros está realizando uma força-tarefa de combate a um incêndio em uma área de mata com, aproximadamente, três quilômetros no Distrito de Cacau Pirêra, em Iranduba (a 27 quilômetros da capital). Ao todo, mais de 40 bombeiros estão atuando no sinistro.

Com as aeronaves, está sendo realizado o suporte aéreo com despejo de água e transporte de militares para o local, tendo em vista que a área é de difícil acesso.

Ação conjunta

Atualmente, o Corpo de Bombeiros tem realizado o combate às queimadas, por meio da Operação Tamoiotatá 3, Operação Aceiro e Operação Céu Limpo, com foco na Região Metropolitana e sul do Amazonas, que concentram a maior quantidade de focos.

São mais de 400 agentes estaduais, entre bombeiros, policiais civis e militares, agentes do Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo), do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama), fiscais do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), homens da Força Nacional, além de brigadistas contratados pela Secretaria de Meio Ambiente (Sema), atuando no combate ao desmatamento e às queimadas ilegais no estado.

Foto: Alex Pazzuelo / Secom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *