Aluna é executada a tiros e três ficam feridos durante ataque em escola de São Paulo

Brasil

São Paulo (SP)- A Escola Estadual Sapopemba, na zona leste de São Paulo, foi alvo de um ataque a tiros na manhã desta segunda-feira (23/10). Uma aluna de 17 anos baleada na cabeça morreu e outras duas ficaram feridas. Um quarto estudante se machucou ao cair enquanto tentava fugir.

A polícia deteve um suspeito, e o adolescente é aluno do 1º ano do ensino médio e tem 16 anos. Segundo testemunhas, o mesmo seria alvo de bullying por parte de colegas da escola. Outro jovem está foragido.

De acordo com a Polícia Militar (PM), houve disparos de arma de fogo dentro da unidade, que fica na Rua Senador Nilo Coelho. As vítimas ainda não foram identificadas.

Começou com dois barulhos de bomba. Pessoal gritando, saindo correndo. Eu pensei: ‘Meu Deus, deve ter acontecido alguma coisa’”, disse uma professora ouvida pelos veículos de imprensa.

©️Metrópoles

Houve corre-corre na escola e muita gritaria, segundo testemunhas. As cenas de pavor comoveram populares que ajudaram os estudantes a se tranquilizarem.

Tentamos trancar a porta, mandamos todo mundo sair. Saímos correndo, batendo nas portas das salas de aula para todo mundo sair. Caí da escada e machuquei o joelho. Foi desesperador demais, fiquei em pânico”, contou a docente.

O jovem detido foi levado para a delegacia do bairro. A notícia se espalhou rapidamente pela região, e pais de estudantes, desesperados, foram para a frente da escola buscar seus filhos.

Um helicóptero Águia da PM e várias viaturas da corporação foram mobilizados. O secretário da Segurança Pública de São Paulo, Guilherme Derrite, chegou ao local por volta de 9h30.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *