Investigado por chefiar milícia no Rio é morto a tiros em quiosque

Brasil

Brasil – Sérgio Rodrigues da Costa Silva, conhecido como Sérgio Bomba, foi assassinado neste domingo (21), no Recreio dos Bandeirantes (RJ).

Segundo informações da Polícia Militar, a vítima estava acompanhada da namorada em um quiosque, quando foi atingido nas regiões do tórax e no rosto, e morreu no local. A mulher não sofreu ferimentos.

Sérgio Bomba estava envolvido em uma guerra com o miliciano Rui Paulo Gonçalves Estevão, braço direito do miliciano Luís Antônio da Silva Braga, conhecido como Zinho, que foi preso no final de 2023.

Suspeitas indicam que a disputa pela sucessão do comando do bairro de Septiba pode ser a motivação do crime.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da capital fluminense. Os oficiais buscam testemunhas para identificar a autoria do assassinato.

Fonte: UOL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *