Mulher é presa após admitir assassinato do próprio filho de dois meses no Pará

Polícia

São Félix do Xingu (PA)- Uma mulher, identificada como Lucélia Reis Silva, admitiu ter jogado o próprio filho em um poço durante a madrugada desta última quinta-feira (09), no município de São Félix do Xingu, no Pará.

Inicialmente, ela alegou que a criança havia sido sequestrada de sua casa, mas a polícia investigou o caso e Lucélia confessou o crime, sendo presa em flagrante por homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

O caso passou a ganhar notoriedade quando a Polícia Civil emitiu um comunicado oficial informando que a mãe da criança havia admitido o crime.

O corpo do bebê de dois meses foi devidamente removido e encaminhado para perícia, e o caso está sendo investigado em sigilo pela Delegacia de Homicídios de São Félix do Xingu.

Antes da descoberta do crime, Lucélia Reis Silva foi até a delegacia e gravou um vídeo no qual se identificava como mãe do bebê desaparecido, pedindo ajuda à comunidade e chorando durante a gravação.

As autoridades locais foram mobilizadas em busca do bebê desaparecido após a denúncia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *