Prefeitura participa do Fórum Urbano Mundial que discute regeneração urbana e sustentabilidade

A cidade polonesa de Katowice é palco do 11º Fórum Urbano Mundial (FUM), do qual a Prefeitura de Manaus participa, pela primeira vez, até esta quarta-feira, 29/6. O fórum é uma realização das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (UM-Habitat) e conta com a participação de representantes, gestores, técnicos e especialistas de 170 países.

 

 

Locais verdes, acessíveis, inclusivos, produtivos, incluindo cidades compactas como experiência global em 2022, estão na pauta da agenda urbana, segundo comentou o vice-presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), o arquiteto Claudemir Andrade, que participa do FUM.

 

“O fórum tem como foco e objetivo a discussão do que está acontecendo nas cidades mundo afora, envolvendo meio ambiente, questões climáticas, mobilidade, espaços públicos e a preocupação com as pessoas. São 70 salas com programação simultânea, além de estandes de países apresentando tendências, cases de sucesso no urbanismo e modelos de gestão. A prática de cidades verdes é um desafio apresentado com potenciais na busca por soluções, investimentos e financiamentos para a sustentabilidade de infraestrutura”, explicou Andrade.

 

Durante o dia de hoje a equipe do Implurb ainda acompanhou apresentações sobre mobilidade urbana sustentável, impactos das mudanças climáticas e desenvolvimento de espaços verdes públicos, seu planejamento e uso nas cidades de São Paulo e Medellín (Colômbia).

 

“É importante fortalecer a capacidade dos governos e gestão locais, para projetar, desenvolver e implantar planos e projetos que promovam o ambiente sustentável e inclusivo no planejamento. A sustentabilidade segue em alta e as ações de governo com foco nas pessoas é uma tendência para que a comunidade possa usufruir das cidades com qualidade de vida e organização”, completou Andrade.

 

O arquiteto e urbanista Leonardo Normando citou que todo o networking e experiências trocadas no fórum vão ajudar na replicação de modelos do que deu certo em outros países dentro da agenda urbana, onde a pergunta a responder é como será o futuro da cidade em que vivemos. “Como queremos que seja a nossa cidade? Como podemos construir esse futuro a partir de ações hoje?”, disse.

 

A participação da Prefeitura de Manaus é parte do termo de cooperação firmado com a União Europeia no ano passado, por meio do Programa Internacional de Cooperação Urbana (Iurc). A equipe viajou com despesas pagas pelo Iurc.

 

Urbanização

 

Perspectivas mundiais apontam para um planeta que continuará a se urbanizar na próxima década – de 56% da população mundial vivendo em cidades hoje para 60% em 2030. As áreas urbanas são os motores que absorverão praticamente todo o crescimento futuro da população mundial. Espera-se que todas as regiões se tornem mais urbanizadas na próxima década.

 

FUM

 

O Fórum Urbano Mundial foi estabelecido em 2001 pela Organização das Nações Unidas (ONU), para examinar uma das questões mais urgentes que o mundo enfrenta hoje: a rápida urbanização e seu impacto nas comunidades, cidades, economias, mudanças climáticas e políticas. O primeiro foi realizado em Nairóbi, no Quênia, em 2002, e tem percorrido vários países do mundo desde então.

 

O tema do WUF é “Transformando nossas cidades para um futuro urbano melhor”, promovendo insights e clareza sobre o futuro das cidades com base nas tendências, desafios e oportunidades existentes, além de sugerir maneiras pelas quais as cidades podem estar melhor preparadas para enfrentar futuras pandemias e ampla gama de outras ocorrências imprevistas.

 

O WUF é realizado a cada dois anos e já se transformou na principal conferência global sobre urbanização, discutindo uma gama de desafios urbanos em diversos continentes. Mais informações sobre o evento podem ser conferidas pelo site https://unhabitat.org/.

 

— — —

Texto – Claudia do Valle / Implurb

Fotos – Divulgação / Implurb