Polícia Civil apreende carros de luxo de integrantes do PCC em SP

Foram bloqueados aproximadamente R$ 12 milhões em veículos e R$ 40 milhões em imóveis.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

SÃO PAULO (SP) - Na segunda-feira (27), a Polícia Civil de São Paulo apreendeu armas, joias e carros de luxo que seriam de integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC), facção que domina o tráfico de drogas na capital paulista.

De acordo com a polícia, as investigações duraram aproximadamente oito meses e culminaram em uma grande apreensão. Foram bloqueados aproximadamente R$ 12 milhões em veículos e R$ 40 milhões em imóveis, joias e artigos de luxo atribuídos aos traficantes.

A polícia também cumpriu mandado em um imóvel na zona leste que pertence ao empresário do funk Júlio Negão. Ele é suspeito de ligação com o líder do esquema. Porém, os agentes foram informados que Negão morreu há 15 dias, em acidente de motocicleta aquática.

As autoridades estão em busca de"João Cabeludo", que está foragido da Justiça e tem como condenação mais de 500 anos de cadeia. De acordo com a PC, o criminoso está escondido na Bolívia.

Agora, a polícia apura se os bens são fruto de lavagem de dinheiro.