Libertadores: Atlético-MG fica no empate contra Emelec no Equador

Galo desperdiça chances e Allan é expulso no segundo tempo, antes de pênalti perdido por Hulk

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

BRASIL - Nesta terça-feira, o Atlético-MG foi a Guayaquil, no Estádio George Capwell, e ficou no empate diante do Emelec por 1 a 1, pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores. O resultado obriga o Galo a vencer no Mineirão, na próxima terça, para avançar às quartas de final. Novo empate fará a vaga ser decidida nos pênaltis.

O JOGO

Atlético foi superior ao Emelec na etapa inicial. Durante 35 minutos, teve domínio e não sofreu perigo. Aos 15 minutos, abriu o placar após ótima troca de passes entre Hulk, Nacho e Ademir, que mandou na saída de Ortíz. Hulk teve ótima chance de ampliar, mas mandou rente à trave. Nos minutos finais, o Galo não segurou a bola no ataque e sofreu um pouquinho. A melhor chance do Emelec foi uma bola na trave de Jackson Rodríguez.

No segundo tempo, a partida, que parecia controlada, foi dificultada pelo próprio Atlético-MG. Com linhas muito baixas, o time brasileiro chamou o Emelec, que empatou a peleja com Sebastián Rodríguez, de pênaltti.

Além do empate, a partida foi marcada por erros individuais. Primeiro o zagueiro Nathan Silva, que cometeu um pênalti infantil. Depois Allan foi expulso depois de cotovelada e Hulk perdeu uma penalidade.

O confronto de volta entre Galo e Emelec será na próxima terça-feira, também às 19h15, no Mineirão, onde os clubes definem quem avança às quartas de final da Libertadores.