Lavador de carros confronta facção criminosa e é alvejado a tiros em Salvador

Ele estava jurado de morte, e mesmo assim passou por cima da ordem do grupo criminoso de não retornar à localidade.

© Divulgação

© Divulgação

Salvador (BA)- Um lavador de carros morreu ao ser assassinado por cerca de 20 tiros na manhã desta última terça-feira (28), no bairro de Brotas, em Salvador.

A vítima, identificada apenas como Ronaldo, situava-se nas proximidades da casa onde os pais moram, quando repentinamente acabou sendo surpreendido pelos disparos de arma de fogo, por volta das 09h10.

Segundo informações preliminares, o homem supostamente teria ligação com o tráfico de drogas e recentemente havia sido expulso do bairro por uma perigosa facção. Ele estava jurado de morte, e mesmo assim passou por cima da ordem do grupo criminoso de não retornar à localidade.

Na terça, quando estava fazendo uma visita aos pais e estacionou o carro nas imediações do Vale do Ogunjá. Ronaldo foi executado no retorno da casa da família.

Em nota, a Polícia Civil ressalta que o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga a morte de um homem em Brotas, que, até o momento, está sem uma identificação formal.

"A autoria e motivação estão sendo apuradas. Guias de perícia e remoção foram expedidas.", diz trecho da nota enviado pelo órgão".