ANUNCIE AQUI!

Prefeitura de Manaus chega à marca de 13 mil metros de pontes construídos devido à cheia histórica

Iniciada em abril, a operação "Cheia 2021" já atendeu 21 bairros com a construção de pontes e passarelas provisórias, ultrapassando a marca de 13 mil metros

Por Redação - Portal Sargento Adiel em 16/06/2021 às 18:04:57

Foto:Divulgação

MANAUS - O rio Negro teve o processo de repiquete, nesta quarta-feira (16), subindo três centímetros depois de ter descido um centímetro na última segunda-feira (14). A nova marca histórica chegou a 30,02 metros, sendo agora, registrada como a maior cheia dos últimos 119 anos.

Como medida de permitir o trânsito de pedestres, a Prefeitura de Manaus, por meio da Casa Militar que coordena a Defesa Civil, construiu mais de 13 mil metros de pontes e passarelas em 21 bairros da capital amazonense, atingidos pela subida das águas.


Construção de pontes

Iniciada em abril, a operação "Cheia 2021" já atendeu 21 bairros com a construção de pontes e passarelas provisórias, ultrapassando a marca de 13 mil metros. Além disso, foram realizados os cadastros das famílias para receberem os auxílios Aluguel e Enchente, durante o período de cheia.

Já foram construídos 1.087 metros de pontes no Educandos; 1.851 no São Jorge; 126 no Jardim Mauá; 75 na Vila da Felicidade; 135 no Parque Mauá; 795 no bairro Aparecida; 864 no Presidente Vargas; 206 no bairro da Glória; 675 no Santo no Antônio; 75 no bairro Compensa; 20 no Cidade Nova; 4.135 no Centro; 769 no Mauazinho; 475 no bairro Colônia Antônio Aleixo; 80 no bairro Raiz; 95 no Vila da Prata; 440 no bairro Betânia; 554 no Puraquequara; 88 no Alvorada; 114 no São José e 386 no Crespo. Dentre eles, os mais afetados pelas águas são: Educandos, São Jorge e Mauazinho.


Comunicar erro
ENTRE NO NOSSO GRUPO DE WHATSAPP

Comentários

ANUNCIE AQUI!