meta Oab

Mercado de máscaras pode despencar no período pós-covid

Setor lucrou na pandemia de coronavírus

Por Redação em 28/07/2021 às 15:15:59

Foto: Ricardo Wolffenbuttel/Governo de SC

BRASIL - A Associação Nacional da Indústria de Material de Segurança e Proteção ao Trabalho, conhecida como Animaseg, informou que o setor de máscaras está preocupado com a possível queda na demanda pelo produto. A perspectiva do consumo dessas mercadorias tende a diminuir no cenário pós-coronavírus, salientou a Animaseg ao jornal Folha de S.Paulo.

Segundo a entidade, muitos que atuam no ramo terão de deixar o mercado quando as regras para o uso da máscara se flexibilizarem. As companhias do ramo lucraram com a pandemia de covid-19. A quantidade de empresas no Brasil que fabricam ou importam máscaras saltou de 28 em fevereiro de 2020 para 77 em julho deste ano, conforme dados oficiais.

Nos últimos meses, com oferta e demanda equilibradas, o preço das máscaras tem se estabilizado em um patamar mais baixo. A indústria tem vendido a unidade entre R$ 2 e R$ 5, ante a faixa de R$ 5 a R$ 9 praticada em determinados períodos do ano passado. Antes da pandemia, o produto saía com valor entre R$ 1,50 e R$ 4, considerado baixo pelas empresas.?


Comunicar erro
ENTRE NO NOSSO GRUPO DE WHATSAPP

Comentários

ANUNCIE AQUI!