Ampliação e abertura de novos centros de testagens visam minimizar impactos da variante ômicron em Manaus

Novos centros de testagem devem serem aberto pelos próximos dias, frutos da parceria entre governo e prefeitura

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

MANAUS | Após um aumento expressivo no número de casos de covid-19 no Amazonas, o prefeito de Manaus David Almeida (Avante), realizou uma live por meio de suas redes sociais na tarde da última terça-feira (18), onde na ocasião afirmou que o cenário que vivemos hoje em Manaus é diferente do que David enfrentou no início de sua gestão, em Janeiro de 2021.

As ações da prefeitura segundo David, foram eficazes para que tenhamos um cenário tranquilo quando comparamos com "as ondas de covid-19" anteriores, o chefe do executivo municipal ao lado da titular da SEMSA, Shádia Fraxe, reintera que ações como a estruturação nas unidade de saúde, a chegada das vacinas e a abertura de novos centros de testagem, contribuíram para a contenção dos impactos oriundos da chegada da variante ômicron.

COMPARAÇÃO

De acordo com dados da FVS, durante a 2ª onda de covid-19 no amazonas, no início de 2021, foram sepultadas em Manaus mais de 2 mil pessoas somente no mês de Janeiro, vale lembrar que na época o estado sofria com o colapso no sistema de saúde, unidades de saúde superlotadas e a falta de oxigênio.

Em contra partida, após um ano daquele cenário catastrófico, aqui estamos enfrentando uma 3ª onda de covid-19, mas com a chegada das vacinas, temos o número de casos de covid-19 aumentando de forma expressiva, mas com uma taxa de hospitalização e mortalidade muito baixa.

Diferente de 2021, nos primeiros dias de Janeiro de 2022, apenas 14 pessoas morreram em razão do vírus. As taxas de internação e mortalidade corresponde em sua maioria de pessoas não-vacinas ou com ciclo vacinal incompleto.

"O motivo de não estarmos vivendo o mesmo momento adverso, tipo o holocausto do ano passado, é a vacina. Hoje Manaus tem uma das maiores taxas de vacinação do Brasil e nós já aplicamos 3,5 milhões de doses. Toda a nossa equipe tem trabalhado de forma incansável, para dar uma boa condição à população da cidade de Manaus. Vivemos em uma realidade diferente, e a prefeitura tem trabalhado diuturnamente". destacou David Almeida, durante uma live realizada na sede da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

ESTRATÉGIA

Entre as estratégias adotadas pela Prefeitura de Manaus para o enfrentamento da Covid-19, estão: a abertura de mais de 50 pontos de vacinação, incluindo supermercados e shoppings; a contratação de mais 500 profissionais de saúde, e a implantação de dois Centros Municipais de Testagem para Covid-19, em parceria com o governo do Amazonas, localizados no Centro de Convenções Vasco Vasques, zona Oeste, e no Studio 5 Centro de Convenções, zona Sul, ofertando assistência médica e farmacêutica, de segunda a sábado, das 9h às 19h.