Polícia investiga ligação entre morte fora do Engenhão e show de Taylor Swift

Brasil

Brasil – A Polícia Civil investiga a relação entre a morte de um ambulante de 23 anos e o show da cantora Taylor Swift, no Rio de Janeiro. O Corpo de Bombeiros confirmou que atendeu o rapaz na rua das Oficinas, no entorno do Engenhão, onde ocorreu a apresentação musical. Caso seja confirmado o trabalho do ambulante no show, essa será a terceira morte relacionada à apresentação da cantora americana.

Depois de passar mal, o rapaz foi encaminhado pelos bombeiros ao Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, na zona norte do Rio.

Por nota, a direção da unidade confirmou que o ambulante foi encontrado pelos bombeiros já inconsciente, em parada cardiorrespiratória, às 17h15 de domingo, e que a equipe não conseguiu reverter o quadro.

O hospital informou também que o corpo do vendedor será encaminhado ao Instituto Médico Legal e que não há confirmação se morte estaria relacionada ao show. Pela rede social, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, negou que o jovem participava do show e que o ambulante já tinha problemas de saúde anteriores.

Fonte: R7

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *