Prefeito anuncia ‘Manaus Sem Fome’ e inaugura segunda unidade do ‘Prato do Povo’

Amazonas Manaus

Manaus – O prefeito de Manaus, David Almeida, reafirma o compromisso com a segurança alimentar e o combate à fome na cidade, ao lançar, nesta terça-feira (19), o programa “Manaus Sem Fome”, que vai distribuir mais de 3,5 milhões de refeições, por ano, na capital amazonense. O programa envolve um total de oito ações entre inauguração de novos espaços e ampliação do número de refeições servidas.

A apresentação do programa, que conta com emendas parlamentares do deputado federal Saullo Vianna e do ex-deputado federal Marcelo Ramos, foi feita durante a solenidade de inauguração da segunda unidade do restaurante “Prato do Povo”. O novo espaço, gerenciado pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), está localizado no bairro Jorge Teixeira, zona Leste.

“Nós vamos poder alimentar mil pessoas neste lugar, diariamente, graças ao trabalho do deputado Saullo Vianna. É o trabalho que nós estamos fazendo na nossa administração. A bancada federal de senadores e deputados estendeu as mãos para o povo da cidade. Não é somente aqui na assistência social, mas o deputado Saulo também destinou recursos, quase R$ 15 milhões, para que nós possamos resolver problemas de ramais dentro de Manaus”, enfatizou o chefe do Executivo municipal.

O projeto “Prato do Povo” foi lançado em outubro de 2021 como um reforço para enfrentar a insegurança alimentar na capital. Durante esse período, a primeira unidade já serviu mais de 280 mil refeições, a preço de R$ 1, atendendo, diariamente, a centenas de pessoas em situação de vulnerabilidade social.

A segunda unidade conta com uma estrutura moderna e funcional, capaz de atender mil pessoas, por dia. O Prato do Povo – Jorge Teixeira se soma ao total de seis Cozinhas Comunitárias, dois Restaurantes Populares e um Prato do Povo já existente. Desde o início da gestão do prefeito David Almeida, as nove estruturas juntas já serviram mais de dois milhões de refeições.

“Nós estamos falando do programa ‘Manaus Sem Fome’, que tem, dentre suas ações, a inauguração de dez novos restaurantes ‘Prato do Povo’, sendo o primeiro este aqui na comunidade Jorge Teixeira. Nesses restaurantes serão servidas mil refeições diariamente. Além dos restaurantes Prato do Povo, nós teremos a inauguração de mais uma cozinha comunitária, no bairro São José 4”, afirmou o representante da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), Eduardo Lucas.

De acordo com dados da população em situação de pobreza no município de Manaus, do governo federal, Manaus é a 5ª capital brasileira com maior número de famílias em situação de pobreza: 315.334. Fica atrás apenas de São Paulo/SP (788.236), Rio de Janeiro/RJ (699.818), Fortaleza/CE (381.283) e Salvador/BA (369.228).

O deputado federal Saullo Vianna ressaltou a união do prefeito David Almeida, vereadores e a bancada federal, para combater essa situação de insegurança alimentar. Saullo menciona o programa “Manaus Sem Fome”, que abrange diversas ações da Semasc, visando transformar essa realidade desafiadora na cidade.

Ações prioritárias

O programa “Manaus Sem Fome” conta com a realização das seguintes ações:

– Implantação de dez restaurantes Prato do Povo, com a distribuição de mil refeições/dia, gratuitamente, sendo os primeiros nos bairros Jorge Teixeira, Novo Israel, Morro da Liberdade/Cajual e os outros bairros estão em estudo;

– Implantação de uma nova Cozinha Comunitária, no bairro São José 4;

– Revitalização de seis Cozinhas Comunitárias e três restaurantes Prato do Povo;

– Ampliação do número de refeições servidas nas atuais Cozinhas Comunitárias, saindo de 200 para 300 refeições por dia;

– Implantação do primeiro Banco Municipal de Alimentos, que vai permitir o recebimento, a reciclagem e o armazenamento das doações destinadas às Cozinhas Comunitárias;

– Aquisição e distribuição de 100 mil Cestas Básicas em Manaus, para famílias inseridas no Cadastro Único e atendidas pela Semasc;

– Ações de Educação Alimentar e Nutricional contribuindo para a redução do desperdício e melhor aproveitamento dos alimentos;

– Serviço de Atendimento Psicossocial nas unidades.

Com o programa Manaus Sem Fome, haverá um aumento de 445% na oferta de refeições.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *